• 03
    Jan
    Escrito por: Luiza Franco

    “Em todo adulto espreita uma criança – uma criança eterna, algo que está sempre vindo a ser, que nunca está completo, e que solicita, atenção e educação incessantes. Essa é a parte da personalidade humana que quer desenvolver-se e tornar-se completa” (Jung) Ontem, dia 03 de janeiro, iniciou a primeira temporada do programa The Voice Kids, e já começou em grande estilo, mostrando-se muito melhor do que a edição para adultos, pois além de cantores incrivelmente talentosos, ela conta com os ensinamentos de vida que crianças sempre passam naturalmente. O que mais chama atenção em Realitys com crianças são as reflexões que podemos fazer. É uma ótima oportunidade de nos perguntarmos: Quando foi que eu parei de me sentir o máximo?

  • 01
    Jan
    Escrito por: Luiza Franco

    Mais um ano que termina, mais um ciclo que começa e com 2016 vem toda a esperança de que esse ano será diferente, será maravilhoso. Mas será que não é assim todos os anos? Temos a sensação de que há uma mágica no Ano Novo. Pulamos sete ondas com o pé direito, comemos lentilha pra dar sorte, também uva ou romã e guardamos as sementes na carteira junto com as folhas de louro. Tomamos banho de mar ou de sal grosso para limpar tudo de negativo do ano que passou, usamos calcinha branca ou vermelha para atrair o que mais desejamos. E torcemos muito para que tudo isso dê resultados. E se não der, sempre teremos um ano novo para

  • 21
    Dec
    Escrito por: Luiza Franco

      O choque – A pessoa terminou com você. De uma forma inesperada ou não, ninguém está realmente pronto para esse momento.  Seu coração dispara, você não sabe mais o que fazer da vida. A elaboração – Você só quer deitar e chorar. Todos os seus planos parecem sem importância. Os dias são mais longos e sem graça. Mas com todo esse sofrimento, essa fase é muito importante, então chore bastante. Isso pode durar uns dias ou algumas semanas, mas aos poucos tudo vai melhorando. Aprendendo com os erros. Todos que estão convivendo com você serão afetados e ficarão preocupadas até você melhorar. Mesmo que você saiba tudo que as pessoas podem falar, tente ouvir o que elas têm a te dizer. Alguns

  • 15
    Dec
    Escrito por: Luiza Franco

    Por que a Coca-Cola é uma das marca mais famosas do mundo? Não é porque é a bebida mais gostosa ou a mais saudável ou a mais barata. É pelo simples fato de que eles não vendem o produto que fabricam. Eles vendem o que todas as pessoas querem: a felicidade. Vamos entender um pouco da história da Coca-Cola, ela foi inventada pelo farmacêutico John Pemberton em 1886 para ser usada como tônico vigorante do cérebro e para acalmar os nervos, por isso foi feita a partir de folhas de coca, grãos de noz-de-cola e álcool. Com a intensão de ganhar dinheiro, John iniciou uma série de experiências para descobrir o que ficaria bom misturado à água carbonada, foi aí

  • 10
    Dec
    Escrito por: Luiza Franco

    Nas ultimas semanas muito tem se falado de Dengue Chikungunya e Zika, que são as doenças causadas pelos mosquitos Aedes. Mas como de costume, nos preocupamos mais com o problema do que com a raiz do problema. Qual o problema? As doenças da Dengue Chikungunya e Zika. E o que causa esses problemas? A proliferação do mosquito Aedes. Como o mosquito se prolifera? Em os focos de acúmulo de água parada. E como a água se acumula e fica parada? Com o lixo que todas as pessoas guardam no quintal. E porque as pessoas guardam lixo no quintal? Bom, aí começamos a olhar realmente para a raiz do problema. E porque todas as pessoas fazem o que fazem? Porque elas querem ser

  • 23
    Nov
    Escrito por: Luiza Franco

    - Qual é o seu sonho? - É ter uma casa bonita e confortável, ter bastante dinheiro para viver tranquilamente e não precisar mais trabalhar. - Esses são seus objetivos, mas qual é seu verdadeiro sonho? - Como assim? - Pelo que você viveria se dinheiro não fosse um problema? - Ah, eu iria viajar. - E depois que tivesse viajado o mundo todo? Depois de passar 3 anos viajando, o que você faria? - Eu não sei. E é assim com a maioria das pessoas... Elas podem passar uma vida inteira na ilusão sem conseguir acessar sua verdadeira missão. Acreditam que precisam de coisas para ser feliz. Reclamam quando as coisas saem diferente do que planejaram. Passam os dias

  • 10
    Nov
    Escrito por: Luiza Franco

    Todo mundo já deve ter ouvido em algum momento aquele conselho “seja você mesmo”, mas o que não nos falaram é a continuação que ele tem. “Seja você mesmo, mas só se você for legal”, e, no caso das mulheres, essa frase continua:“Seja você mesma, mas só se você for legal, inteligente, bonita, simpática, feminina, forte, guerreira, boa filha, boa mãe, boa esposa, boa profissional…” Caso contrário, não seja você mesma, seja um pouco diferente, seja melhor do que você é. Se fôssemos nós mesmos o tempo todo viveríamos sozinhos, principalmente se sua natureza é ser sincero, crítico, chato ou egoísta. Esse nosso lado que não é muito admirável é a nossa sombra, todos nós temos. Para Carl Jung, a

  • 28
    Oct
    Escrito por: Luiza Franco

    Autoconhecimento é a capacidade de saber quem realmente somos. Conhecer-nos tão bem a ponto de dizer, com certeza, quais são nossos pontos fortes e no que precisamos melhorar, entre outras coisas. E por que isso é tão importante? É simples, para ter uma vida mais saudável e com mais sucesso e felicidade. No final das contas, todos nós queremos ser feliz. E se existe um caminho para a felicidade, esse caminho é o autoconhecimento.   Quem se conhece bem, não se magoa quando recebe uma critica, não tem crises existenciais, não sente medo do desconhecido, não coloca a responsabilidade do próprio sucesso ou do fracasso nas mãos de outras pessoas. Define mais fácil o que quer, sabe dos dons que

  • 19
    Oct
    Escrito por: Luiza Franco

    Em um mundo com tantas urgências, o que realmente é importante? Onde está sua atenção? Você lê muitos jornais, participa de muitos grupos de whatsapp, se interessa por vários assuntos, tem pressa pra ser feliz, bem sucedido e admirado? Mas o que você realmente quer? Nos preocupamos em estar conectados, atualizados, interessados. Temos pressa. Pressa para dar certo, pressa para ter sucesso, pressa só por estar com pressa. Estamos nos questionando sobre fast food, pois queremos uma vida mais saudável, menos cancerígena, com uma população com menores índices de obesidade. Nos revoltamos com o fast fashion, pois queremos uma moda mais sustentável e durável, sem trabalho escravo e exploração infantil. Mas por que ainda não falamos em parar de viver

  • 12
    Oct
    Escrito por: Luiza Franco

    Com a preguiça de um feriado chuvoso, me joguei no sofá e comecei a olhar fotos aleatórias no celular. Entre uma e outra, aquela me chamou a atenção. Refletia absolutamente tudo o que faz sentido pra mim. E com uma ingenuidade infantil senti que aquela vida era perfeita. Projetei todos os meus sonhos naquela moça que eu nem conhecia. Ela me pareceu tão familiar, senti que olhava em um espelho de “Erised”, um espelho que reflete não a imagem da pessoa, mas seu desejo mais profundo. Tudo fez sentido, estava lá tudo o que eu sempre quis. Ei universo, essas coisas eram pra mim. Quem é encarregado por essa parte de entrega de desejos? Aconteceu algum erro aí, quero fazer

  • 11
    Oct
    Escrito por: Luiza Franco

    Quando queremos achar algo negativo nós conseguimos. Tudo tem lados positivos e negativos, vantagens e desvantagens. Nesse planeta as coisas são duais, tudo tem os dois lados opostos, bom e mau, claro e escuro, bonito e feito. Isso é uma lei universal. Você é quem escolhe para onde olhar, onde focar sua percepção. É uma escolha, pois se você quiser ver o lado positivo também conseguirá. É uma questão de treino. Temos tendência a ver coisas negativas com mais facilidade porque temos instinto de segurança, tentamos prever o que pode dar de errado para estruturar uma resposta a isso e assim ter a sensação de que estamos controlando nosso futuro. Queremos a sensação de que podemos evitar possíveis aborrecimentos e

  • 14
    Sep
    Escrito por: Luiza Franco

    Que o Brasil vai de mal a pior, todo mundo sabe. Que o país vai seguir ferrado, também não é novidade. Mas o que muita gente não sabe, é que a crise pode ser uma ótima oportunidade para se ter sucesso! Um fenômeno interessante que anda acontecendo é que muitas pessoas que reclamavam de seus empregos foram demitidas e agora estão desesperadas. Eu sei que todo mundo precisa de dinheiro e emprego, mas conseguem perceber a incoerência disso? Quando essa pessoa fica feliz? Se estava ruim porque não mudou? Mudou de emprego, de atitudes, de hábitos... Eu sei que as coisas não são tão fáceis assim, mas estou falando daquela pessoa que sempre reclamou do emprego, e nunca fez nada para estar em algo

  • 19
    Aug
    Escrito por: Luiza Franco

    Primeiro precisamos entender o que é o sucesso. Por definição é ter um resultado favorável naquilo que nos propomos a fazer. Eu gosto de aprofundar mais e pensar que é um sentimento de gratidão a todo instante, é ter uma mente positiva e preparada para ver sucesso. É perceber que o sucesso pode estar em qualquer lugar a qualquer momento. Às vezes um problema pode ser uma grande oportunidade de sucesso. Quando algum imprevisto acontece é preciso aprender com as dificuldades e estruturar um novo plano rumo ao seu sonho. Afinal, há apenas duas saídas: ficar reclamando do problema e se colocando no papel de vítima, ou assumir que tem um problema e ver todas as possibilidades de como irá resolve-lo. De uma forma

  • 06
    Aug
    Escrito por: Luiza Franco

    Todos nós sabemos o que é melhor para a gente. Sabemos se estamos nos alimentando de forma correta, sabemos se temos hábitos saudáveis, sabemos se estamos em um relacionamento saudável. Sabemos se somos amados, enganados, iludidos ou correspondidos. Sabemos também o que devemos fazer para alcançar nossos objetivos e a como ter sucesso. Sabemos como nos tornar pessoas melhores, e até a como resolver nossos problemas. Já teve a sensação de que poderia resolver os problemas de todos os seus amigos, mas os seus, você não consegue? E sabe por que parece tão difícil resolver nossas questões, sair de uma crise ou ser feliz? Porque estamos desconectados de nós mesmos. Não paramos para nos observar, nos ouvir. Ficamos presos em

  • 06
    Aug
    Escrito por: Luiza Franco

    Nossa vida é feita de escolhas. É o que dizem, e realmente se pensarmos bem sobre isso, percebemos que fazemos muitas escolhas ao longo do dia. A que horas vou levantar? Posso dormir por mais cinco minutinhos? Será que tomo um banho agora, ou só lavo o rosto? O que vou tomar de café da manhã? Será que tomo café? Todos os dias quando abrimos os olhos, talvez um pouco antes, começamos a fazer escolhas, somos bombardeados por milhares de opções e informações. O que faz bem, o que faz mal. O que devemos fazer o que devemos evitar. Como devemos nos comportar para sermos aceitos e admirados ou para ter sucesso. Assim que saímos da cama somos jogados nessa

  • 06
    Jun
    Escrito por: Luiza Franco

    Emoções mal resolvidas tendem a causar problemas para o corpo, pois quando acumuladas podem transformar-se em doenças. A síndrome do pânico, por exemplo, é um transtorno de ansiedade grave que desencadeia crises crônicas de medo frente a diversas situações corriqueiras ou mesmo sem causa aparente. Geralmente o paciente sente que algo de muito ruim acontecerá a ele ou a alguém muito próximo, uma tragédia e até mesmo a morte. As causas podem ser genéticas, ou altos níveis de estresse. As crises acontecem repentinamente independente do contexto em que a pessoa esteja ou também podem ser desencadeadas por um pensamento de medo, uma preocupação de que algo ruim poderá acontecer. Os sintomas característicos são tremores, sudorese, taquicardia, formigamento ou dormência, falta

  • 25
    May
    Escrito por: Luiza Franco

    “Passei os melhores anos da minha vida proporcionando os mais verdadeiros prazeres ao povo, ajudando-o a divertir-se, e tudo que consegui com esse meu gesto foram insultos e a existência de um homem caçado” (Al Capone) Seres humanos erram. Isso é tão fácil de perceber, olhe a sua volta, quantos problemas existem porque seres humanos existem? Mas mesmo assim as pessoas sentem raiva uma das outras julgando-se melhores. Se você não comete o mesmo erro que julga, comete outros erros que alguém também está julgando. Ou seja, todo mundo erra e continuará errando até que haja mais consciência. Mas se ainda há quem tenha hábitos nocivos, sabendo que está estragando o próprio corpo, sabendo que o corpo é a única