HOME  /   BLOG

Como lidar com pessoas complicadas

Sabe aquelas pessoas que complicam tudo, invertem as coisas e sempre acham um motivo para discordar? Pois é, elas estão por aí e às vezes precisamos conviver com elas.

Saiba que é possível chegar a um acordo até com as pessoas mais difíceis, mesmo quando os pontos de vista são totalmente diferentes, os interesses são incompatíveis e a conversa parece não fluir.

Antes de conversar com uma pessoa difícil, prepare-se e conheça a si mesmo. Fique em uma posição estável e confortável. Lembre-se de que seu corpo inteiro conversa. Comporte-se como um adulto equilibrado e seguro: fale apenas o que for importante para você e do que você tem certeza, para ter todos os argumentos que precisar. Mantenha um tom de voz baixo, seguro e constante. Nada pior do que demonstrar descontrole emocional. Não esqueça o motivo de estar nessa situação: por que está conversando com essa pessoa? Não fale mais do que o necessário, não precisa ser legal, e sim educado.

Muitas vezes precisamos fazer coisas socialmente esperadas e assim conversar amigavelmente com alguém de que não gostamos. Saiba que sempre há uma chance de que você seja provocado, manipulado ou de entrar em uma polêmica sem perceber. Por isso esteja atento a tudo.

Resultado de imagem para blair waldorf e vanessa

Se você precisar confrontar alguém e achar que pode dar em briga, pense que você está começando esse diálogo para resolver uma questão, para melhorar a relação, para manter contato saudável com essa pessoa, e não para discutir e brigar. Um diálogo não é uma batalha verbal, é uma ferramenta para sincronizar diferentes pontos de vista. Ouça o que o outro pensa e tente entender o que o faz pensar assim. Até as piores pessoas têm um motivo para agir da forma como agem, e elas sempre acham que é um bom motivo. Fale tudo o que precisa demonstrando que é o seu ponto de vista, e não uma acusação. Fale de como você se sente em relação ao fato e não acuse somente.

blair-and-chuck

Não vamos agradar a todos. Algumas pessoas não vão acreditar em nós, não vão nos amar nem nos compreender e podem até nos odiar de graça. Avalie se vale a pena querer alguma coisa com essa pessoa, pois muitas vezes é melhor que nos odeie e nos deixe em paz. Mas, se essa pessoa vale a pena, descubra os motivos de a pessoa não acreditar ou gostar de você, busque a raiz do problema, se coloque de forma humilde, não demonstrando ameaça para que a pessoa não precise se defender. Peça desculpas por alguma coisa que possa ter magoado a pessoa, exponha seus argumentos, abra seu coração sem medo. Se mesmo assim essa pessoa não quiser você na vida dela, aceite e siga sua vida.

Todo mundo erra, tem defeitos e se confunde de vez em quando, mas todos merecem respeito. Você não pode agir conforme o comportamento dos outros, já que suas ações devem depender dos seus valores e do seu caráter. Vai chegar um dia em que você também agirá de forma errada.

Cada um tem um dicionário próprio de acordo com as próprias experiências. Nós entendemos tudo o que escutamos de acordo com nossas experiências, tudo passa por um tradutor blair-walfdorf
próprio, as frases, as ações e até as não ações dos outros, tudo será traduzido para a nossa linguagem própria. E quanto mais uma pessoa sofreu, mais errada pode ser a interpretação dela, pois o dicionário dela se chama medo, e tudo o que ela quer é se proteger. As pessoas mais difíceis são as mais frágeis. É melhor você expor seus sentimentos, pensamentos e dúvidas de forma bem clara em vez de supor que o outro entenderá indiretas.

Quando precisar conviver e conversar com pessoas agressivas, você não pode levar tudo para o lado pessoal. Precisa saber se retirar da discussão a tempo. Essas pessoas estão tão acostumadas ao sofrimento, a serem atacadas, que a primeira reação delas é atacar. Elas vão procurar os seus pontos mais vulneráveis baseados nos delas, por isso nem sempre vão acertar, mas vão tentar, por isso é bom você saber bem quais são seus pontos fracos e se proteger. Esse tipo de pessoa suga energia, pois a energia delas é bem baixa. Se puder, afaste-se de gente assim.

Se uma conversa sair do controle, pare imediatamente, não vale a pena discutir e ofender alguém só pelo prazer do momento, você pode se arrepender depois. Prefira conversar quando os dois estiverem calmos.

Receba GRATUITAMENTE a minha Newsletter para te inspirar a ter uma vida consciente!

Junte-se a várias pessoas para receber dicas exclusivas direto da Luiza