HOME  /   BLOG

Pobreza x Acúmulo

Ontem, conversando com uma leitora do site, resolvi escrever um novo post sobre a nossa contribuição para o caos no mundo. Já falei sobre esse assunto aqui.

Quando eu falo que somos todos  responsáveis pela pobreza no mundo, quero dizer que se existe miséria é porque também existe acúmulo. Abra seus armários, você realmente usa tudo o que têm?

Você já se deu conta de quanto lixo está guardando? Quantas coisas sem utilidade você guarda? Tenho certeza que se você começar a abrir seus armários e gavetas vai encontrar muito lixo. São aquelas revistas, jornais, caixas, papéis velhos, alguma matéria de algum jornal que você guardou para ler e nunca leu. Remédios vencidos que ninguém vai tomar. Roupas que você está esperando servir novamente ou a moda voltar para usar. Objetos quebrados que um dia você pensou que iria consertar. Brinquedos que estão guardados há anos. Sapatos que são lindos, mas machucam o pé e você não os usa…

São tantas as coisas que estão esquecidas, ocupando espaço. Mas por que estamos apegados a elas? O que esses objetos representam para ser tão difícil nos desfazer deles?

quarto-bagunc3a7a1Apego, medo, insegurança. Apego a bens materiais, a momentos que aqueles objetos remetem, a histórias e lembranças… Medo de um dia precisar e não ter. Todas essas ideias a respeito de porque acumular lixo são crenças negativas. Quando você guarda uma roupa velha que já está furada para costurar e usar algum dia, mesmo que não a use, inconscientemente você acredita que não terá dinheiro para comprar uma roupa nova e assim cria uma realidade de pobreza para a sua vida. Também quando você tem um guarda roupas que está bagunçado, sem espaço para mais nada, seu inconsciente acredita que você não se preocupa com bagunça e até gosta que as coisas sejam assim, pois aceita que se você tem contato com seu guarda roupa diariamente e não o arruma é porque você é assim, desmazelado, e gosta das coisas assim. O reflexo disso é uma vida confusa e conturbada. Se você percebe que sua vida não está em ordem, comece arrumando seu guarda roupa.

Faça o teste, veja uma foto de uma casa bagunçada e repare no sentimento que te causa. É mais difícil manter uma organização mental em um ambiente desorganizado. Por outro lado, um ambiente harmonioso, limpo e organizado causa uma sensação de bem estar.

O que diferencia alguém que apresenta algum transtorno mental de outra pessoa que não apresenta, é o quanto esse comportamento é presente. A acumulação de objetos sem utilidade pode ser considerado um transtorno mental quando chega ao ponto de ser uma acumulação compulsiva. Mas em grau leve é negligenciado. E por isso as pessoas não se preocupam que esse comportamento pode ser muito prejudicial para a saúde e bem estar.

Receba GRATUITAMENTE a minha Newsletter para te inspirar a ter uma vida consciente!

Junte-se a várias pessoas para receber dicas exclusivas direto da Luiza