HOME  /   BLOG

Saiba o que fazer em um fim de namoro

 

O choque – A pessoa terminou com você. De uma forma inesperada ou não, ninguém está realmente pronto para esse momento.  Seu coração dispara, você não sabe mais o que fazer da vida.

A elaboração – Você só quer deitar e chorar. Todos os seus planos parecem sem importância. Os dias são mais longos e sem graça. Mas com todo esse sofrimento, essa fase é muito importante, então chore bastante. Isso pode durar uns dias ou algumas semanas, mas aos poucos tudo vai melhorando.

Aprendendo com os erros. Todos que estão convivendo com você serão afetados e ficarão preocupadas até você melhorar. Mesmo que você saiba tudo que as pessoas podem falar, tente ouvir o que elas têm a te dizer. Alguns conselhos podem não ser bons e isso os acalmará, dará a sensação de que eles estão fazendo algo de bom por você.

Não dramatize tanto – Por mais triste que você esteja, não se faça de vítima da situação. As vezes, isso foi o melhor que poderia ter te acontecido. Não é bom despertar pena nas pessoas. Quanto mais drama você fizer mais as pessoas sentirão pena de você. E quanto mais as pessoas sentirem pena de você, mais você se sentirá fracassada.

Redes sociais jamais – Não sinta pena de você mesma, não poste frases de auto-ajuda, com pedidos de socorro. Isso é humilhante e terrível para a sua auto-estima. Também não olhe as redes sociais dele, a ultima coisa que você vai encontrar é uma frase dizendo “Que saudades da minha ex” e o mais provável que você encontre são fotos dele curtindo a vida adoidado. Isso também serve para o perfil dos amigos dele, pare de seguir eles, isso não fará bem, só vai causar crises de ansiedade.

Autoconhecimento  – Agora é a hora de ser sua melhor companhia. Se você não se amar, porque alguém te amaria? Vá percebendo o que você gosta de fazer, de ouvir, de comer. Conheça seus gostos sem ele. Experimente um novo corte de cabelo, uma nova cor. Saia com alguns amigos, não beba, fique presente em cada momento, vá mudando sua rotina, experimentando novos caminhos, sabores, sensações. No seu ritmo, não tenha pressa de ficar bem logo, viva cada fase do luto. As coisas vão melhorar.

Faça terapia – Isso vai ajudar você a superar, olhar as coisas com outro ponto de vista, se conhecer mais, saber porque isso aconteceu e principalmente se isso é um padrão que se repete.

Espiritualize-se – Independente da sua religião, é bom você ter um caminho espiritual. Perceber que existe um algo mais na vida. Aprender sobre a existência, as leis da atração, do karma, da vida… Estude, aprenda, converse, tire dúvidas existenciais…

Se abra  – Não crie crenças limitantes. Um pé na bunda é só isso, os homens não são todos iguais e isso não precisa se repetir. Conheça novas pessoas, tenha encontros, se divirta, não queira impressionar ninguém. Seja você mesma, mas só se você for legal, se você ainda estiver sentindo-se vítima, melhor repetir os passos acima antes de sair com alguém.

Ria do que te aconteceu – Quando estamos sofrendo o motivo desse sofrimento não tem graça, mas depois que passa, a maioria dos pés na bunda são muito engraçados. Quando você conseguir rir de tudo o que aconteceu, quer dizer que já superou. No mínimo você se tornará uma pessoa boa para ajudar os outros que estão passando por isso.

Receba GRATUITAMENTE a minha Newsletter para te inspirar a ter uma vida consciente!

Junte-se a várias pessoas para receber dicas exclusivas direto da Luiza