HOME  /   BLOG

Você já parou para pensar no que realmente é o Ciúmes?

Manifestação provocada pela falta de confiança no sentimento do outro.

Medo de perder a pessoa amada. Se há medo de perder não há certeza de que se é bom o suficiente para que alguém sinta amor e queira ficar apenas com você. E estar em um relacionamento em que não se tem certeza de que se é amado e admirado não faz sentido.

Para que existe o casamento? Para que duas pessoas que se amam e que se importam uma com a outra possam dividir a vida se apoiando mutuamente e crescendo juntas. Assim os dois tornam-se pessoas melhores. Não é para que uma seja obrigada a amar a outra e fazer o que a outra pessoa quer.

A base do relacionamento amoroso saudável é admiração, respeito e confiança. Dividir a vida com alguém é, ou deveria ser, parceria e não cobrança.

Fidelidade é compromisso com aquilo que se assume. É uma característica de quem é leal, honesto e verdadeiro. Se no casamento foi acordado de que haveria fidelidade e que ninguém poderia manter relações sexuais com outra pessoa, ou que ninguém roubaria o dinheiro do outro, assim é. Não precisa duvidar, apenas precisa resolver o problema caso isso aconteça. A partir do momento que você sente ciúmes, está julgando o outro como desonesto. Ninguém gosta de ser julgado de algo que não é ou não fez. Ciúme não é garantia de fidelidade. A fidelidade tem que ser espontânea e não obrigatória.

Se você está em um relacionamento em que tem que se preocupar e controlar o que o outro faz, com quem o outro fala, ou para quem ele olha. Você não está em um relacionamento, você está em uma coerção. Ou se você está em um relacionamento em que é controlado pelo outro isso é coerção. Isso é medo.

Coerção: o ato de induzir, pressionar ou compelir alguém a fazer algo pela força, intimidação ou ameaça. (wikipédia)

Saber que o outro está ao seu lado e se comportando como você deseja porque está com medo, definitivamente não é um relacionamento saudável.

A vida fica mais fácil em dupla, mas só quando há respeito e confiança, e para haver isso, primeiro tem que ter admiração.

Ao invés de sentir ciúmes, porque você não se dedica a ser uma pessoa admirável? A pessoa que todos gostariam de ter por perto. Imponha respeito e não obrigue ao outro te respeitar.

Ciúmes, como todo o medo, não passa de uma fantasia que não existe. É apenas medo da dor que você sentiria se descobrisse que a pessoa que está ao seu lado está mais feliz estando com outra pessoa do que com você. E quando isso acontece o sentimento que surge é raiva, ou tristeza, ou mágoa e não ciúmes.

Mas se você ama alguém, você quer o melhor para essa pessoa não é? Quer ver ela feliz? E se o melhor pra ela não for ficar ao seu lado? O ciúme não tem nada a ver com o amor. O ciúme é a falta de amor próprio.

Todos nós estamos aptos a errar. Se houver em algum momento uma decepção com a pessoa amada, se houver mentiras, daí então é o momento de resolver o que vai fazer. Para que ficar sofrendo com suposições?

Ciúmes é mais terrível para um relacionamento do que um amante.

Receba GRATUITAMENTE a minha Newsletter para te inspirar a ter uma vida consciente!

Junte-se a várias pessoas para receber dicas exclusivas direto da Luiza